Recomendação para alargar bolsas de estudo, apresentada pelos eleitos do PS, foi aprovado na Assembleia Municipal


Numa altura em que o acesso à educação é cada vez mais um factor fundamental para o acesso ao emprego, a CM Seixal tem vindo a reduzir as bolsas de estudo que atribui a alunos do Secundário e do Superior. Uma injustiça enorme, que os eleitos do PS Seixal procuram alterar, com a recomendação agora aprovada. 

A recomendação subscrita pelo eleito Nelson Patriarca, aponta para as falhas evidentes do Município e da gestão CDU nesta área.

Quando o próprio normativo municipal manda atribuir 10 bolsas a alunos do Superior e 20 bolsas a alunos do ensino secundário, o município tem vindo a reduzir esses números, chegando a este ano letivo com metade desse número.

Este é, para o PS um exemplo da forma pequena e menor como a CDU trata a educação no concelho. Já assim foi com as refeições escolares subsidiadas nas férias, que apenas avançaram depois da insistência e de uma moção do PS e assim continua a ser com a rede de pré escolar e os tempos de prolongamento, que continuam a ser feitos de forma lesiva para as famílias.

O valor em causa, para que no mínimo se cumpra o Normativo Municipal, são 7500€ um valor irrisório quando se gasta tanto dinheiro em cartazes a exigir ou a vangloriar de feitos atingidos.
A educação e o apoio no acesso à mesma deveria ser muito mais valorizada pelo executivo CDU

Submetido a votação, a moção foi aprovada com os seguintes votos:

A FAVOR, 21:  PS (proponente), PSD, CDS, PAN, BE e Presidente JF Fernão Ferro

CONTRA, 0:

ABSTENÇÃO, 16: CDU + 3 Presidentes das Juntas de Freguesia (Amora, Corroios e União de Freguesias)

Não podemos deixar de notar o voto de abstenção da CDU e dos seus presidentes de Junta. Será que o tema e o sentido não lhes merece aprovação ?

Conheça o documento apresentado:

Eduardo Rodrigues, Marco Teles Fernandes, Elisabete Adrião e Nuno Miguel Moreira