Mais uma vez, pelas piores razões, o Concelho do Seixal abriu os noticiários!


Já todos os Portugueses sabiam que o bairro da Jamaica, um dos piores de Portugal, se situa no concelho do Seixal, ficaram agora a saber que também o bairro de Santa Marta, em Corroios, se situa no concelho do Seixal.

Neste bairro vivem centenas de pessoas que não têm acesso a água, luz ou esgotos, que não estão inseridas socialmente e que, inevitavelmente, são conduzidas à marginalização. Em Portugal o problema dos bairros de “barracas” foi resolvido através do Programa Especial de Realojamento (PER) ao longo da década de 90 do século passado.
Também o executivo Comunista da Câmara do Seixal teve essa oportunidade, mas não soube ou não a quis aproveitar, razão pela qual ainda existem os bairros de Santa Marta e da Jamaica quando já desapareceram há muitos anos o Casal Ventoso, a Quinta do Mocho, o Estrela de África, a Pedreira dos Húngaros e tantos outros.
Passados que são quase 30 anos, o problema persiste e agravou-se, desconhecendo-se ao certo quantas pessoas residem naquele local. Esta situação é um foco de insegurança para quem lá vive, mas também para quem habita na sua vizinhança.

Os habitantes do concelho do Seixal têm direito à segurança, e a Câmara Municipal deve criar condições para que ela exista, acabando definitivamente com este flagelo!


Os autarcas do Partido Socialista do Seixal deixam uma última palavra para as forças de segurança que, no cumprimento da lei arriscam a sua vida pelo nosso bem-estar e que, por isso, merecem o nosso respeito e consideração.

Os Socialistas do Seixal exigem à Câmara que acabe com estes bairros e consequentemente trave a insegurança no concelho.

Os eleitos do Partido Socialista,

Eduardo Rodrigues, Marco Teles Fernandes, Elisabete Adrião e Nuno Miguel Moreira