Programa | Cultura e Património


#melhorar Área envolvente da Baía

Faremos ao longo do mandato a requalificação da envolvente do Rio Judeu e da Baía do Seixal, apostando na valorização dos elementos patrimoniais existentes e na fruição pública destes espaços, aproveitando as realidades culturais, ao mesmo tempo que potenciamos uma economia em torno do património.

#desafiar Queremos ter de volta as Cantigas

Propomo-nos recuperar o festival “Cantigas do maio”, como grande evento internacional de músicas do mundo, com espetáculos de qualidade, como os que colocavam o Seixal na rota das atenções culturais. Tentaremos que os espetáculos não se confinem ao Fórum Municipal, criando condições para que alguns possam ter lugar na envolvente da baía, dinamizando, assim, toda a zona.

#desafiar Mais espaços para a criação e para as artes

Propomo-nos criar, na zona da Mundet, a Casa do Artista e da Plataforma das Artes equipamento estruturante com a possibilidade de conjugar exposições e a arte digital, e um conjunto de espaços dedicados à criatividade, onde a livre expressão o acesso qualificado favorecerão a fixação não só de artistas e investigadores, como também uma nova forma de desenvolvimento cultural e económico.

#construir Valorizar o que nossa história guarda

Mantendo o apoio aos espaços e aos projetos já existentes, tencionamos criar o Roteiro Museológico da 1ª República, para a valorização do património existente, tendo em conta o papel do Seixal na implantação da República. É essencial complementar esta medida, procurando integrar roteiros de operadores turísticos, que incluam o Seixal em pacotes de visitas turísticas a esta região

#melhorar Reabilitação do Ecomuseu

Reabilitação do Ecomuseu permitirá o crescimento e expansão deste museu, dotando-o de mais e melhores condições para expor o seu espólio, promover a exposição de novas realidades e oferecer à comunidade novos serviços de valor cultural e pedagógico acrescido.

#melhorar Recuperação da Olaria Romana do Rouxinol

Potenciar igualmente a divulgação de um edifício com valor patrimonial e a disponibilização de um espaço para fruição pública, promovendo a renovação do espaço em causa em zona de lazer, (re)desenhando o pavimento e (re)enquadrando a arborização existente.

#desafiar Valorização do património cultural do Seixal

Quer na salvaguarda dos elementos e espaços patrimoniais fundamentais para a preservação da História, no reforço da identidade e memória, quer na perspetiva e incremento de acções e desafios capazes de atrair para o Seixal novos patamares de desenvolvimento e sustentabilidade, o conhecimento, gestão e valorização do seu ativo patrimonial assume-se como um domínio fundamental para a estruturação e o planeamento territorial.

#desafiar Trazer ao conhecimento público a Villa Romana da Qta.São João (Arrentela)

Trabalharemos também num incremento do edificado Museológico, dando especial atenção à recuperação do que já temos e aos trabalhos na Villa Romana da Quinta de S.João (Arrentela).
O património arqueológico, terrestre e náutico, tem também de ser valorizado e visto como elemento cultural do concelho

#inovar Festival da Baía

Realizar um grande festival, de bandas rock, a nível nacional, com a participação de nomes grandes da mesma área. O Festival da Baia teria de ter apoios de marcas suficientemente fortes e uma boa comunicação, integrada com o turismo, captando assim juventude, visibilidade e meios financeiros para o nosso concelho.

#desafiar Dar espaço ao Teatro

Promoveremos o aproveitamento de estruturas que estão abandonadas ou menos usadas, para poder criar um encontro de companhias de teatro, sempre com uma vertente de apresentação de novas companhias e formas teatrais. Ponderando integrar igualmente aqui, ou em área separada, uma componente cénica de sketches de teatro de revista, uma vertente de teatro que nos é muito querida e vai tendo a sua morte anunciada. Teria o Seixal a grande virtude de não deixar que isso acontecesse.

#desafiar Dar espaço às bandas e à criação musical

Criar uma espaço lúdico, uma espécie de café concerto onde se pudesse apresentar toda a forma de arte musical. Esse espaço poderia ter o formato de café, com salas contíguas para exposições, apresentações dos diversos nichos de arte, e ainda uma biblioteca, que estivesse mais perto dos munícipes. Onde se pudesse ensaiar, apresentar e promover valores artísticos locais.

#desafiar Dar alma ao Cante Alentejano

Aproveitar o enorme número de residentes com origem alentejana e o facto do cante ser a canção alentejana património da humanidade e com isso realizar um grande encontro anual de grupos de cantares alentejanos, divulgando esta cultura e fazendo o Seixal a ponte entre o grande Alentejo e o resto do país.

#inovar Festival da Criação

Dinamizar um festival para apoiar os autores e as suas criações artísticas, apoiado pela câmara, devidamente produzido, com incentivos a quem concorre, não só os concorrentes directos, mas sim também aos autores artísticos ou músicos, para promover a composição e a criação, tendo sempre uma vertente relacionada com o nosso município, podendo mesmo ser um festival com fases nas várias freguesias, culminando com um grande evento no Seixal, onde se poderia captar os meios de informação e ainda mecenas culturais.

#inovar Evento de cariz popular e etnográfico

Visto termos áreas disponíveis para tal, sugerimos a criação de um “grande piquenicão”, aproveitando o mesmo como motivo de encontro entre as pessoas de todo o país, num momento etnográfico forte que poderia incluir artistas e outras formas de arte e cultura. Procurando igualmente que o evento criasse raízes no movimento cultural e que fosse alvo de apoio através do mecenato cultural.

Voltar a Programa Eleitoral